Are you the publisher? Claim or contact us about this channel


Embed this content in your HTML

Search

Report adult content:

click to rate:

Account: (login)

More Channels


Channel Catalog


(Page 1) | 2 | 3 | .... | 540 | newer

    0 0

     A MODELO FABIANA MAYER NA PASSARELA INVERNO 2013 DA ACQUASTUDIO (Foto: Getty Images) A MODELO FABIANA MAYER NA PASSARELA INVERNO 2013 DA ACQUASTUDIO (Foto: Getty Images)

    O Fashion Rio volta a Marina da Glória para apresentar seus desfiles de 15 a 19 abril. A temporada verão 2013-2014 é marcada pela estreia da marca Maria Filó no calendário de desfiles, além da migração da Iódice, que se apresentava na SPFW, para a semana de moda carioca. Confira  o line-up completo e fique de olho na cobertura do nosso site:

    Segunda-feira, 15 de abril
    19h00 – 2nd Floor
    20h30 – Filhas de Gaia
    22h00 – Alessa

    Terça-feira, 16 de abril
    12h00 – Blue Man
    18h00 – Maria Filó
    19h00 – Coven
    20h30 – Iódice
    22h00 – Espaço Fashion

    Quarta-feira, 17 de abril
    17h00 – Andrea Marques
    18h00 – Sacada
    19h00 – Oh Boy
    20h00 – Cantão
    21h00 – Lenny Niemeyer
    22h00 – TNG

    Quinta-feira, 18 de abril
    12h00 – Patrícia Viera
    17h00 – Nica Kessler
    18h00 – Herchcovitch
    19h00 – Salinas
    21h00 – Coca-Cola Clothing
    22h00- Reserva

    Sexta-feira, 19 de abril
    17h00 – Bianca Marques
    18h00 – Oestúdio
    19h30 – R.Groove
    21h00 – Triya
    22h00 – Ausländer


    0 0

    A MODELO BRASILEIRA APARECE "PHOTOSHOPADA" (Foto: Reprodução)A MODELO BRASILEIRA APARECE "PHOTOSHOPADA" (Foto: Heine/Divulgação)

    O photoshop ataca mais uma vez. Quem sofreu as conseqUências do uso do programa que trata imagens foi a modelo brasileira Raica Oliveira. A top de 29 anos apareceu sem o umbigo em uma das fotos de um catálogo da marca internacional de moda praia Heine, para a qual fez fotos sensuais. Em outras imagens divulgadas pela marca, a modelo carioca apareceu com o umbigo normal.

    EM OUTRAS IMAGENS, A MODELO APARECEU NORMALMENTE (Foto: Heine/Divulgação)EM OUTRAS IMAGENS, A MODELO APARECEU NORMALMENTE (Foto: Heine/Divulgação)

    0 0

    nova foto do horóscopo (Foto: NA PREVISÃO DE ÁRIES, SIGNO DO MÊS, UMA MUDANÇA RADICAL DE VISUAL, CARREIRA! APROVEITE! (Foto: Reprodução))NA PREVISÃO DE ÁRIES, SIGNO DO MÊS, UMA MUDANÇA RADICAL DE VISUAL, CARREIRA! APROVEITE! (Foto: Reprodução))

    Áries (21 de março a 20 de abril)
    Novo projeto pessoal dará um sentido maior à vida. Inspire-se com a passagem de vários planetas por seu signo para se reinventar e SURPREENDER a todos com uma virada radical no visual, na carreira e no estilo de vida. No dia 10, a Lua Nova em seu signo trará PLANOS AMBICIOSOS que se tornarão viáveis perto do fim do mês. Na segunda quinzena, Sol e Vênus na sua área do DINHEIRO favorecerão negociações e acordos financeiros. Os dias 21 e 22 não serão fáceis. Mas no 24, surgirá oportunidade de aumentar seus recursos e o seu PODER. A Lua Cheia, no 25, impulsionará mudanças e transformará valores. Uma maior sintonia com sua sensibilidade trará mais CONFIANÇA e tranquilidade para assumir novos desafios

    Touro (21 de abril a 20 de maio)
    Sensibilidade amplificada marcará a primeira quinzena que será positiva para dissolver antigos medos. Ótimo período para iniciar uma terapia ou prática espiritual e compreender melhor seu percurso. Entre os dias 15 e 20, Vênus, Sol e Marte entram no seu signo, será mais fácil tomar decisões e expor seus sentimentos. Um encontro no dia 19 promete momentos mágicos no amor, mas poderá rolar insegurança no 22. Aproveite o 24 para armar uma viagem a dois. Se estiver só, um encontro especial nesse dia, ou na Lua Cheia no 25, terá boas chances de se tornar um relacionamento estável. No início, poderá haver desconfianças.

    Gêmeos (21 de maio a 20 de junho)
    As novidades do mês virão acompanhadas de mais responsabilidades de trabalho e agitos sociais. Na primeira quinzena, a programação com amigos e a aproximação de pessoas que compartilham dos seus ideais motivarão associações e atividades em grupo. Mudanças poderão ocorrer, pois você vai assimilar conceitos inovadores que influenciarão seu estilo de vida. Problemas de relacionamento com a equipe de trabalho provocarão instabilidades nos dias 21 e 22. A partir do 24, otimismo e confiança garantirão o bem-estar. A Lua Cheia no 25 alterará rotinas e abrirá caminhos para o futuro. Aproveite para iniciar um projeto de longo prazo.

    Câncer (21 de junho a 21 de julho)
    Sucesso e oportunidades de crescimento profissional darão um sabor de vitória à primeira quinzena. Lua Nova na sua área da carreira, no dia 10, inaugurará uma etapa de grandes conquistas. Poderá assumir uma posição de destaque ou começar um empreendimento próprio. Os resultados superarão as expectativas, apesar das inseguranças iniciais. O mês promete recompensas pelos esforços. Um sonho da vida íntima poderá se realizar. Se estiver só, um novo romance surgirá de uma amizade, entre os dias 24 e 25. Numa relação já assumida, aproveite a última semana para viajar. Prazer e paixão na Lua Cheia do dia 25.

    Leão (22 de julho a 22 de agosto)
    Assuntos jurídicos poderão ser resolvidos com mais facilidade neste mês, que também promete viagens e aventuras românticas. Vários planetas em harmonia com seu signo manterão o astral em alta na primeira quinzena, que será repleta de novidades. Os dias 7, 19 e 24 trarão chances para o amor. Tensões e desafios abalarão o humor e provocarão inseguranças, entre os dias 19 e 22. Aproveite a segunda quinzena para decidir mudanças. Um encontro poderoso no 24 abrirá caminhos, é hora de apostar num novo empreendimento. A Lua Cheia no 25 trará soluções para antigas pendências. Encerrará processos do passado.

    Virgem (23 de agosto a 22 de setembro)
    Uma oportunidade inesperada de expansão na carreira, logo no início do mês, permitirá promover mudanças positivas no estilo de vida. A Lua Nova, no dia 10, trará decisões corajosas que favorecerão o crescimento profissional e a vida íntima. A sintonia com o amor ficará mais forte a partir do dia 19. Até o 26, prepare o coração para fortes emoções. Se estiver em busca do amor, uma viagem proporcionará um encontro mágico. Numa relação já estabelecida, os sentimentos fluirão mais livremente, num cenário encantador, próximo à natureza, entre os dias 24 e 26. Vários planetas em harmonia com seu signo, na segunda quinzena, aumentarão o seu prestígio e poder.

    Libra (23 de setembro a 22 de outubro)
    Decisões da vida íntima marcarão esta fase como um novo começo. Aposte nos planos da relação e na sua capacidadede conquista. Se estiver só, a Lua Nova, no dia 10, na sua área afetiva, será um dos melhores momentos do ano para iniciar um relacionamento que mudará seus conceitos sobre o amor e realizará seus desejos mais secretos. O mês também trará abertura para parcerias e associações de trabalho. Lua Cheia na sua área do dinheiro, no 24, apontará limites do orçamento, mas também iluminará soluções que proporcionarão maior estabilidade financeira no longo prazo. Bom período para somar recursos e aproveitar oportunidades. Contará com o apoio familiar para viabilizar seus projetos. A sorte estará do seu lado!

    Escorpião (23 de outubro a 21 de novembro)
    O rítmo acelerado de trabalho, na primeira quinzena, promete resultados brilhantes e boas perspectivas para ampliar sua independência financeira. Na segunda quinzena, o destaque será o amor, com a passagem de Vênus, a partir do dia 15, e do Sol, a partir do 19, por sua área afetiva. Bom período para resolver divergências e inseguranças. Os dias 19 e 24 prometem emoções à flor da pele e momentos românticos, perfeitos para falar de sentimentos profundos e intensificar a vida sexual. A Lua Cheia em seu signo, no 25, virá acompanhada de mais responsabilidades e preocupações com o futuro a dois. No 26, a paixão falará mais alto que a razão e a vida em comum ficará mais gostosa.

    Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro)
    Uma nova atividade ampliará sua rede de relações e tornará o cotidiano mais agradável. Neste mês, o dinheiro poderá ser curto para tantos sonhos, mas não faltará entusiasmo para reinventar a vida e contornar os obstáculos. Decisões a dois aumentarão o prazer e a confiança no relacionamento. Se o coração estiver livre, a primeira quinzena promete paixão instantânea, num encontro casual e divertido. A partir do dia 15, as relações de trabalho estarão aquecidas. Poderá iniciar um empreendimento em parceria ou harmonizar a convivência em equipe. Propostas de curta duração serão mais atrativas do que um trabalho estável, já que neste ciclo desejará se dedicar aos planos da vida íntima que incluirão viagem e rotina mais leve.

    Capricórnio (22 de dezembro a 20 de janeiro)
    Novo começo na vida familiar e um contato maior com suas origens fortalecerão a autoestima e trarão grande motivação para o trabalho. Decisões sobre moradia ou investimentos na casa movimentarão o período entre os dias 7 e 17. A segunda quinzena terá mais cumplicidade com o parceiro. Aproveite o dia 24 para impulsionar mudanças que tornarão a vida íntima mais gostosa. Um velho sonho com a relação poderá se concretizar. Os compromissos sociais aumentarão, a partir do dia 25. No dia 26, terá inspiração para escrever; com harmonia entre Marte e Netuno, intuição e ideias criativas enriquecerão um projeto pessoal. Se estiver em busca do amor, o período entre os dias 24 e 26 promete encantamento e paixão

    Aquário (21 de janeiro a 19 de fevereiro)
    Muitos contatos e encontros instigantes criarão um clima excitante neste mês e vão temperar a vida social com ótimas novidades. Atividades comerciais e estudos estarão favorecidos. Na primeira quinzena, poderá firmar um contrato importante ou começar um curso de curta duração no dia 10. Antigos amores darão notícias a partir do dia 15. Na segunda quinzena, maior proximidade com a família garantirá a segurança emocional. No dia 25, os caminhos para o futuro se iluminarão com a Lua Cheia, que trará uma oportunidade de evolução na carreira. No amor, aconchego e carinho contarão pontos. Na última semana, não assuma compromissos sociais, desejará mais privacidade para curtir as coisas boas da vida a dois, sem interferências alheias.

    Peixes (20 de fevereiro a 20 de março)
    Fase positiva para adquirir bens e por ordem nas finanças. O mês começará com conexão positiva entre Sol e Júpiter, que favorece compra ou venda de imóvel. A Lua Nova, no dia 10, trará decisões de negócios, inaugurando uma fase de crescimento material. Conte também com despesas imprevistas. Assuntos jurídicos darão trabalho na segunda quinzena. A formalização de um contrato importante para sua segurança pessoal só acontecerá no dia 24. Aproveite a Lua Cheia, no 25, para comemorar suas conquistas e vitórias. Um novo amor nascerá de uma amizade, se estiver só. Numa relação já estabelecida, poderá enfrentar problemas de comunicação, entre os dias 21 e 22. Mas no 24, tudo será resolvido e a vida sexual ficará mais gostosa.


    0 0

    UM BOM PERFUME DE FLORES BRANCAS É A DICA DE SEDUÇÃO DA TOP (Foto: Reprodução/Instagram)UM BOM PERFUME DE FLORES BRANCAS É A DICA DE SEDUÇÃO DA TOP (Foto: Reprodução/Instagram)

    Comparar Yasmin Brunet com a mãe, Luiza, já não faz sentido há muito tempo. Além do charme e sensualidade, não restam muitas semelhanças, como a própria top faz questão de afirmar. “Não temos nada a ver. Somos pessoas completamente diferentes”, diz Yasmin em entrevista exclusiva a Marie Claire. Da mãe, conhecida como ícone de estilo, ela diz ter herdado um truque de beleza: “Ela me ensinou a beber muita água”.

    Queridinha do público não apenas pelo trabalho como modelo como também pelas boas causas com as quais colabora – como campanhas em prol dos animais e defesa de padrões de beleza mais saudáveis – Yasmin falou sobre cuidados com o corpo e cabelo, beleza e sensualidade. Veja os principais trechos do bate-papo:

    SEGREDOS SIMPLES
    Adepta de uma beleza mais natural, a top afirma usar poucos produtos e aposta em óleos essenciais em seu ritual de beleza. "Gosto de óleo de coco e de azeite para o rosto e para o corpo. Adoro misturar algumas gotas de óleo no hidratante corporal". É nesses itens que ela aposta também na hora de cuidar dos cabelos. “Não cuido muito dos fios. Vou pouco ao salão de beleza fazer hidratação, não gosto muito. Prefiro eu mesma cuidar em casa passando óleo de coco nas madeixas”.

    PARA OS CABELOS, OS QUAIS ELA CLAREOU AINDA MAIS RECENTEMENTE, YASMIN USA ÓLEO DE COCO EM CASA (Foto: Reprodução/Instagram)PARA OS CABELOS, OS QUAIS ELA CLAREOU AINDA MAIS RECENTEMENTE, YASMIN USA ÓLEO DE COCO EM CASA (Foto: Reprodução/Instagram)

    MAIS SAÚDE, MENOS BARRIGA NEGATIVA
    Mesmo estimulando as mulheres a se aceitarem do jeito que são e lutarem menos pelo abdômen zerado comum em modelos de silhuetas magérrimas, Yasmin ainda é alvo de especulações sobre o assunto. “As pessoas ainda me acham um estereótipo de mulher supermagra. Mal sabem elas que sou uma falsa magra”, confessa a top, que mantém uma alimentação equilibrada, na qual estão inclusos vários sucos, e malha acompanhada por um personal trainer na academia.

    Quanto ao polêmico padrão imposto pela indústria da beleza, ela é otimista "Acho que o mercado está se abrindo mais a novas formas. Vemos modelos mais saradas, malhadas, mais saudáveis. Acho isso mais legal. É uma imagem mais bonita de mostrar", diz ela, que tem um blog no qual moda, beleza e dicas de alimentação saudável são assuntos constantes.

    SENSUAL? EU?
    Sempre que Yasmin compartilha através do Instagram fotos em ensaios mais ousados, é inevitável: vários comentários dos seus seguidores elogiam seu estilo femme fatale. No entanto, a top não enxerga essa imagem a qual é atribuída.

    Quando questionada sobre a parte do corpo que acha mais provocante, ela ri. “Nossa, essa pergunta é muito difícil, pois não me vejo como alguém sensual. Talvez a boca (risos)”. Apesar de fazer sucesso com os cliques sensuais, Yasmin não considera a possibilidade de posar nua. “Não penso nisso. Faria pela arte, não para revista masculina. Acho uma proposta muito diferente do que eu curto”, afirma Yasmin, que mora no Rio de Janeiro com o namorado, o também modelo Evandro Soldati. A seguir, um jogo rápido sobre o assunto:

    O que mais te atrai no Evandro? Os olhos e o carinho.
    Qual a lingerie ideal para seduzir? Preta de renda.
    Qual o item de maquiagem certeiro para ficar provocante? Delineador de gatinho em gel.
    Quem é a mulher mais sexy do mundo? Brigitte Bardot.
    E o homem? O Evandro. Ele é muito sexy.
    Ciúme apimenta a relação? Não. Com certeza estraga. Quando é doentio, então, é horrível. Talvez um levíssimo ciúme seja legal, para que a outra pessoa saiba que você não quer perdê-la para outra.
    Dica infalível de sedução: Um bom perfume de flores brancas.
    Em que situação você se sente mais sexy? Quando estou em uma praia de nudismo em Ibiza.

    SOBRE O NAMORADO, EVANDRO SOLDATI, ELA AFIRMA QUE A PREFERÊNCIA É COM OS OLHOS E O CARINHO DELE (Foto: Reprodução/Instagram)SOBRE O NAMORADO, EVANDRO SOLDATI, ELA AFIRMA QUE A PREFERÊNCIA É COM OS OLHOS E O CARINHO DELE (Foto: Reprodução/Instagram)

    0 0

    A PERSONAGEM DE MARIANA XIMENES TEM UM ESTILO INSPIRADOR (Foto: Divulgação TV Globo)A PERSONAGEM DE MARIANA XIMENES TEM UM ESTILO INSPIRADOR (Foto: Divulgação TV Globo)

    Juliana, de "Guerra dos Sexos", é um exemplo fashion. Não é por menos, afinal a personagem interpretada por Mariana Ximenes trabalha com moda coordenando uma rede de lojas. Ela adora misturar referências combinando, em um mesmo look, cores, estampas e acessórios mais ousados.

    Por isso, Marie Claire selecionou um de seus melhores looks e separou algumas peças que se assemelham a esta produção.  Para copiar já!

     (Foto: Divulgação ) (Foto: Divulgação )

     

    1 - Camisa com estampa de poás Labour of Love, R$ 363.60 (clique aqui para comprar)
    2 - Sandálias de couro Sergio Rossi, R$ 2550 (clique aqui para comprar)
    3 - Cinto de couro com aplicações de metal MOB, R$ 289 (clique aqui para comprar)
    4 - Colar de corrente dourada com pingente de strass Mizar Acessórios, R$ 34.90 (clique aqui para comprar)
    5 - Saia de linho Valentino Vintage, R$ 510 (clique aqui para comprar)
    6 - Sandália de couro envernizado Triton, R$ 179.90 (clique aqui para comprar)
    7 - Relógio analógico com pulseira de silicone Marc by Marc Jacobs, R$ 1099 (clique aqui para comprar)

     (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

    1 - Blusa com estampa de pássaros FiveBlu, R$ 149.90 (clique aqui para comprar)
    2 - Relógio Champion Touch com pulseira termoplástica nos tons verde,rosa, preto, branco e vermelho Champion, R$ 248.90 (clique aqui para comprar)
    3 - Saia de algodão Carven, R$ 1410 (clique aqui para comprar)
    4 - Sandálias de couro sintético Vizzano, R$ 109.90 (clique aqui para comprar)
    5 - Cinto com tachas Capodarte, R$ 124.95 (clique aqui para comprar)
    6 - Blusa com estampa de caveiras Andrea Marques, R$ 143.97 (clique aqui para comprar)
    7 - Colar com corrente dourada e pingente em formato de coração de pedra sintética Juliana Manzini, R$ 79.90 (clique aqui para comprar)


    0 0

    A FOTO COMPARTILHADA PELA NAMORADA DE CRISTIANO RONALDO  (Foto: Facebook/IrinaShayk)A FOTO COMPARTILHADA PELA NAMORADA DE CRISTIANO RONALDO (Foto: Facebook/IrinaShayk)

    Não é novidade ver Irina Shayk de lingerie ou biquíni, já que ela ficou conhecida após trabalhos para a Victoria’s Secret e Intimissimi – também de moda íntima. Mesmo assim, a namorada do jogador Cristiano Ronaldo chamou a atenção dos seus seguidores do Facebook ao compartilhar uma foto em que aparece em uma paisagem paradisíaca, tomando sol na piscina. Ou pelo menos tentando, já que a temperatura não devia estar do seu agrado. “Sinto saudades do verão”, escreveu a top russa na legenda.  


    0 0

    EM OUTRO CLIQUE, IRALND POSA AO ESTILO BRIDGET BARDOT (Foto: Reprodução/Instagram)EM OUTRO CLIQUE, IRALND POSA AO ESTILO BRIDGET BARDOT (Foto: Reprodução/Instagram)

    Marie Claire já falou sobre Ireland Baldwin, filha de Alec Baldwin e da atriz Kim Basinger, como nova aposta da moda internacional. Agora, a jovem new face contou que a mãe está a ajudando com dicas de profissão, já que Kim também fez sucesso como top quando era jovem.

    Em entrevista à revista “People”, Ireland revela que se inspira em várias tops contemporâneas, como Kate Moss e Miranda Kerr. Mas, claro, sua mãe tem grande influência em seu estilo. "Ela está muito feliz, pois finalmente poderá me dar dicas. Minha mãe sempre me acompanha, então é ótimo tê-la nos bastidores para me instruir: 'vire a cabeça desta maneira' ou 'faça esse gesto'". A menina tem se espelhado em Kim também na hora dos cliques. Confira uma foto compartilhada por ela em ensaio atual e compare:

    A FOTO COMPARTILHADA PELA NEW FACE (À ESQ.) E UM CLIQUE DA MÃE QUANDO ERA MODELO  (Foto: Instagram/GettyImages )A FOTO COMPARTILHADA PELA NEW FACE (À ESQ.) E UM CLIQUE DA MÃE QUANDO ERA MODELO (Foto: Instagram/GettyImages )

    0 0

    O CASAL (AGORA EX) EM EVENTO EM LOS ANGELES  (Foto: Getty Images )O CASAL (AGORA EX) EM EVENTO EM LOS ANGELES (Foto: Getty Images )

    Após rumores de que John Mayer e Katy Perry não estariam mais juntos, o próprio cantor confirmou o fim do relacionamento em participação no programa "The Ellen DeGeneres Show” da última terça-feira (2).

    “Era uma relação muito íntima, particular. Aprendi a colocar uma barreira nas respostas sobre minha vida privada, mas sei que essas perguntas sobre nossa separação surgem. Estou muito feliz, apesar de tudo. Relacionamento é uma coisa muito complicada. Nós só queremos que todos sejam felizes”, explicou Mayer.

    No entanto, amigos do casal não acreditam na separação. "É só mais um tempo que deram para focar no trabalho. Mais cedo ou mais tarde eles sairão juntos novamente, como sempre fazem", disse uma fonte ao site da revista "Hollywood Life". Mayer e Katy estão juntos desde junho de 2012, embora já tenham rompido e se reconciliado diversas vezes.


    0 0

    SERÁ QUE OS DOIS TRABAÇHARÃO JUNTOS EM UMA NOVA COMÉDIA?  (Foto: Getty Images)SERÁ QUE OS DOIS TRABAÇHARÃO JUNTOS EM UMA NOVA COMÉDIA? (Foto: Getty Images)

    Kristen Stewart e Robert Pattinson se despediram recentemente da saga “Crepúsculo”, mas antes que o público esqueça de como é o casal na telinha, a atriz já tem planos para voltar a contracenar com o namorado.''Ela não quer ficar mais tão distante dele como aconteceu quando ele estava na Austrália. Então, já estrá tramando algo para que fiquem mais próximos", disse uma fonte para a revista "Hollywood Life". 

    Kristen estaria analisando roteiros de uma comédia romântica e planeja incluir Pattinson no elenco. No entanto, o desejo pode não se realizar, já que o ator foi flagrado no Hotel InterContinental, em Los Angeles, em reunião com produtores no último domingo (31).

    “Ele esteve aqui conversando com executivos do showbizz por cerca de uma hora. Ao que parece, eles estavam discutindo um novo trabalho para o cinema”, revelou um funcionário do hotel para a publicação. Quanto a Kristen, nem sinal nesse novo projeto.


    0 0

    A ATRIZ ANTONIA MORAIS (Foto: Reprodução/Instagram)A ATRIZ ANTONIA MORAIS (Foto: Reprodução/Instagram)

    Quem é que não sonha em ter um guarda-roupa de estrela? A atriz Antonia Morais fez seus seguidores no Instagram suspirarem ao compartilhar uma foto de seu closet nesta quarta-feira (3). Na legenda, ela escreveu:"Despite the mess we live in, we still feel like dressing up sometimes" (algo como "Apesar da bagunça em que vivemos, às vezes ainda sentimos vontade de nos produzir).

    Apaixonada por moda e dona de um estilo moderno e descolado,  a atriz, que está no ar como Isadora na novela global "Guerra dos Sexos", provou que não faltam opções, principalmente de sapatos, para compor os looks!


    0 0

    Fridaneska, uma menina doce e macabra, é a personagem da vez da artista plástica Gabi Von Gal, de 30 anos. O resultado de seu trabalho pode ser visto nos cases de smartphones que acabam de ser lançados pela Capa Maníacos. Selecionamos algumas para você conhecer! Mais informações no Facebook da artista.

    CAPINHAS CRIADAS PELA ARTISTA  GABI VON GAL (Foto: divulgação)CAPINHAS CRIADAS PELA ARTISTA GABI VON GAL (Foto: divulgação)

    0 0

    “As morenas ficam bem com tons terrosos. Um blush bronze ou uma sombra ficam bem bacanas!” (Foto: Faya)“As morenas ficam bem com tons terrosos. Um blush bronze ou uma sombra ficam bem bacanas!” (Foto: Faya)

    No ar em “Flor do Caribe”, Thaíssa Carvalho está em um papel que muitas mulheres cobiçariam na vida real: disputada pelos personagens de Max Fercondini, Dudu Azevedo e Thiago Martins. Por outro lado, na vida real ela afirma nunca ter enfrentado o mesmo dilema. “Graças a Deus nunca passei por isso, não deve ser legal. E eu também não permitiria, sou muito clara e direta com as coisas que quero”, diz ela em conversa exclusiva com Marie Claire.

    Além de atuar, ela é nutricionista, embora a profissão esteja um pouco de lado no momento. “Cursei nutrição como segunda opção, para ter um plano B caso a carreira de atriz não desse certo, mas não quero desperdiçar minha formação. Penso em, quando puder, ter algum negócio na área e fazer um serviço social. Por enquanto, cuido de mim e das amigas”. No bate-papo, a carioca fala sobre a carreira na televisão, a atual personagem e dá dicas de sex appeal para as mulheres. Confira:

    TENENTE SIM, MAS MUITO FEMININA
    A tenente Isabel, personagem de Thaíssa na atual novela das seis, pilota moto e avião, comanda um grupo de homens, mas está longe de ser masculinizada. O segredo? “A feminilidade vem nos detalhes e na maneira como se comporta. Isabel é firme, segura, mas não deixa de ser feminina. Quando está de farda, é muito séria e profissional, mas está sempre com um brinco pequeno, as unhas feitas, dentro do que uma oficial pode usar. E fora do trabalho é uma jovem normal, que sai, vai à festas, namora e usa um figurino bem leve, verão", explica.

    PILOTANDO AVIÃO NA NOVELA (Foto: Divulgação/TvGlobo)PILOTANDO AVIÃO NA NOVELA (Foto: Divulgação/TvGlobo)

    Mesmo assim, quem pensa que a capitã esbanjará sedução em cena, se engana. “Isabel não é provocadora e logo mais vocês entenderão. É uma mulher segura, que sabe onde está pisando. Ela veio para cidade para ser chefe dos meninos e eles, em nenhum momento, perguntam o que ela faz. Mais a frente, com isso revelado, a coisa muda. Ela não usará sedução e sim a esperteza. Isabel veio do setor de inteligência para uma função importante na novela, ajudar o protagonista Cassiano (vivido por Henri Castelli) a encontrar provas do golpe que levou”, conta.

    PROCESSO (QUASE) BÁSICO
    Para a novela, Thaíssa teve que caprichar nas atividades físicas. “Intensifiquei os exercícios de força. Senti essa necessidade devido aos equipamentos que usamos nas cenas dos caças que pesam por volta de 10kg. Até porque militar tem uma boa postura. Faço ioga, pilates, suspension core e exercícios aeróbicos como transport.”

    DISPUTADA PELOS TRÊS BONTÕES EM CENA  (Foto: Divulgação/TvGlobo)DISPUTADA PELOS TRÊS BONTÕES EM CENA (Foto: Divulgação/TvGlobo)

    No quesito beleza, a atriz afirma ter um ritual básico – ou quase. “Para o rosto, faço limpeza da pele diária, hidratante anti-idade e protetor solar. Para o corpo, além dos cuidados que já falei, faço drenagem linfática e freeze. E, claro, cuido da alimentação". As madeixas também têm um cuidado especial. "Mantenho o corte em dia, uso proteção térmica e solar e faço hidratação quinzenal”. Vaidosa, ela costuma valorizar sua pele com tonalidades específicas e dá a dica: “As morenas ficam bem com tons terrosos. Um blush bronze ou uma sombra ficam bem bacanas!”.

    ENCARANDO OS RÓTULOS
    Para ela, a imagem de sex symbol – que deve aumentar nos próximos meses – não é um problema. “Não me incomoda. Rótulos são quebrados com trabalho, com tempo e oportunidades. Graças a Deus tive personagens bem diferentes. E o que não conseguir fazer na TV, busco no teatro ou cinema. A graça de ser ator é viver tipos diferentes.”

    “Isabel não é provocadora. É uma mulher segura. Ela não usará sedução e sim a inteligência" (Foto: Divulgação/TvGlobo)“Isabel não é provocadora. É uma mulher segura. Ela não usará sedução e sim a inteligência" (Foto: Divulgação/TvGlobo)

    A atriz, que já viveu personagens com estilos sensual e cômico, revela cantadas engraçadas que já ouviu. “Com a Cida (empregada que provocava o patrão em “Viver a Vida”), me perguntavam se eu queria um emprego como doméstica e me ofereciam eletrodomésticos. Mas tudo sempre de forma divertida. O segredo do sex appeal? “Ser feliz com que Deus lhe deu. Nada como uma pessoa segura e feliz!”.

    VIDA REAL
    Thaíssa já trabalhou em “Malhação” duas vezes (em 2008 e entre 2011 e 2012) e já fez papéis de destaque no horário nobre. Quanto ao reconhecimento nas ruas, afirma que o perfil dos fãs varia muito. “Em "Malhação" tive um público mais adolescente e esses são bem fiéis, continuam me acompanhando na novela, sempre recebo recados dos fã-clubes. Já em "Viver a Vida" era muito abordada por adultos e homens, a empregada era terrível, né? (risos) Mas sempre foi tudo muito leve, divertido”.

    Simpática e bem-humorada, a atriz afirma ser assim na maioria das vezes. “Acho que sou uma pessoa leve. Um pouco divertida sim, pela maneira que tento levar a vida, olhando as coisas boas. Inclusive, me fazer gargalhar não é difícil não, sou muito sorridente”, completou ela, rindo mais uma vez.


    0 0

    COM O CHEFE DA DIESEL, RENZO ROSSO (À ESQ.) (Foto: Reprodução/Instagram )COM O CHEFE DA DIESEL, RENZO ROSSO (À ESQ.) (Foto: Reprodução/Instagram )

    Na última terça-feira (2), foi anunciado que Nicola Formichetti deixou o cargo no departamento de criação da Mugler, após dois anos e meio. Na manhã desta quinta-feira (4), o motivo foi revelado: o designer é agora o novo diretor-criativo da Diesel. De acordo com o portal “WWD”, ele deve ser o responsável pela visão geral da grife, incluindo a supervisão dos departamentos de marketing, produto e comunicação.

    ELE FOI UM DOS CRIADORES DO VESTIDO DE CARNE USADO POR LADY GAGA NO "MTV VMA 2010"  (Foto: Getty Images)ELE FOI UM DOS CRIADORES DO VESTIDO DE CARNE USADO POR LADY GAGA NO "MTV VMA 2010" (Foto: Getty Images)

    “Quero que ele faça coisas maiores, diferentes. Este é o homem certo para dar o próximo passo para uma empresa jovem e uma marca voltada para pessoas jovens de espírito. Finalmente encontrei alguém tão louco como eu. Ele pode me substituir e, agora, posso entrar de férias”, disse o fundador da casa, Renzo Rosso, para o portal.

    Ainda segundo o "WWD", não se espera uma coleção de Formichetti para a grife até a temporada de outono/inverno 2014-2015. No entanto, ele deve causar impacto com sua primeira campanha publicitária para a Diesel, com lançamento previsto para setembro. No que depender da criatividade do designer, pode se esperar mesmo algo grandioso: para quem não lembra, foi ele quem tornou o homem-tatuado Zombie Boy um ícone fashion e assinou o polêmico vestido de carne usado por Lady Gaga no "MTV Music Video Awards 2010".

    PELO TRABALHO NO VISUAL DA CANTORA, FORMICHETTI FICOU CONHECIDO COMO O "STYLIST DE LADY GAGA" (Foto: Getty Images)PELO TRABALHO NO VISUAL DA CANTORA, FORMICHETTI FICOU CONHECIDO COMO O "STYLIST DE LADY GAGA" (Foto: Getty Images)

    Ele já fez outras parcerias com a cantora, como um vídeo para a Mugler e a trilha sonora do desfile de primavera-verão 2013 da marca. Ao compartilhar a ousadia da cantora, o italiano ficou conhecido como o "stylist de Gaga". Recentemente, Formichetti compartilhou em seu perfil do Twitter: "Notícias boas vindo por aí". Agora que já sabemos do que se trata, resta-nos aguardar por mais novidades.

    COM O ICÔNICO ZOMBIE BOY (À ESQ.) (Foto: Reprodução/Instagram)COM O ICÔNICO ZOMBIE BOY (À ESQ.) (Foto: Reprodução/Instagram)

     


    0 0

    A SÁTIRA DE LINDSAY COMO GAROTA-PROPAGANDA DA MARCA  (Foto: Reprodução/Instagram)A SÁTIRA DE LINDSAY COMO GAROTA-PROPAGANDA DA MARCA (Foto: Reprodução/Instagram)

    Lindsay Lohan pode não ter estampado nenhum ensaio de moda nos últimos meses. No entanto, ela aparece como rosto da Saint Laurent Paris, em uma "foto-paródia" que está fazendo sucesso no Instagram. Para a montagem, foi utilizada uma imagem da atriz em propaganda da coleção outono 2010 da marca Fornarina.

    O clique é uma sátira à nova campanha da grife, estrelada por Marilyn Manson, Courtney Love e outros nomes renomados do rock dos anos 90. Ao ver a foto se espalhando, ela aprovou o resultado: "Oh, meu Deus! Eu iria morrer! Eu amo Hedi (Slimane, diretor de criação de Saint Laurent)", postou em seu perfil do Twitter. E você, o que acha de Lindsay no anúncio?

    A CAMPANHA ORIGINAL, COM MARILYN MANSON E COURTNEY LOVE  (Foto: Divulgação/HediSlimane )A CAMPANHA ORIGINAL, COM MARILYN MANSON E COURTNEY LOVE (Foto: Divulgação/HediSlimane )

    0 0

    A ATRIZ, EMBAIXADORA DA BOA VONTADE DA ONU, DURANTE VISITA RECENTE À ÁFRICA (Foto: Getty Images)A ATRIZ, EMBAIXADORA DA BOA VONTADE DA ONU, DURANTE VISITA RECENTE À ÁFRICA (Foto: Getty Images)

    Mais uma causa nobre defendida por Angelina Jolie: de acordo com o site “E! News”. A atriz criou uma linha de joias, em parceria com o designer Robert Procop (que desenhou o seu anel de noivado), e vai reverter os lucros para financiar uma escola só para meninas em uma região dos arredores de Cabul, no Afeganistão. A instituição educa cerca de 300 garotas.

    Além da satisfação artística de desenhar as joias, nos sentimos felizes em saber que o nosso trabalho ajudará a servir crianças carentes”, disse a atriz ao site. A coleção 'Style of Jolie' começa a ser vendida nesta quinta-feira (4) na loja Tivol, em Kansas City, nos Estados Unidos, e o lucro será 100% revertido para a nova empreitada. Confira algumas peças da linha:

    AS JOIAS SÃO PARCERIA DE ANGELINA COM O DESIGNER QUE CRIOU SEU ANEL DE NOIVADO  (Foto: Divulgação/RobertProcop)AS JOIAS SÃO PARCERIA DE ANGELINA COM O DESIGNER QUE CRIOU SEU ANEL DE NOIVADO (Foto: Divulgação/RobertProcop)

    0 0

    "TEM MAIS É QUE SER FELIZ", DIZ SABRINA SATO SOBRE DANIELA MERCURY (Foto: Teresa Raquel Bastos)"TEM MAIS É QUE SER FELIZ", DIZ SABRINA SATO SOBRE DANIELA MERCURY (Foto: Teresa Raquel Bastos)

    "Bato palmas para Daniela Mercury, sou muito fã". Essa é a opinião de Sabrina Sato sobre a atitude da cantora, que se assumiu homossexual na última quarta-feira (3). "Achei maravilhoso. Muito corajosa, ainda mais neste momento. Ela tem que seguir o coração dela. Temos que seguir o nosso coração e tem que ter coragem para isso", afirmou a apresentadora.

    Sabrina disse que faria o mesmo se fosse com ela. "A gente tem mais é que ser feliz". Sempre divertida, ela ainda brincou ao ser questionada se já ficou com mulher: "Não, ainda não". Sabrina participou de um evento em São Paulo nesta quinta-feira (4), ao lado do apresentador Rodrigo Faro, dos atores Paloma Bernardi e Thiago Martins e Marcos, ex-goleiro do Palmeiras.

    SABRINA SATO DURANTE O EVENTO  (Foto: Reprodução/Instagram)SABRINA SATO DURANTE O EVENTO (Foto: Reprodução/Instagram)

    POLÊMICA DO FELICIANO
    Após entrevistar o deputado Marco Feliciano, presidente da Comissão de Direitos Humanos, a apresentadora diz respeitar mas não concordar com a opinião dele. "Temos que propagar o amor, o respeito e não gerar violência entre as pessoas", completou.

    PRAZERES DOMÉSTICOS
    Quem acha que Sabrina não gosta dos afazeres domésticos, se engana. "Sou boa em lavar roupa. Sou boa de qualquer jeito", brincou a apresentadora. Quem acredita?


    0 0

    Mais de 120 galerias de 16 países diferentes se reúnem na capital paulista para a 9ª edição da SP-Arte. O evento, idealizado pela empresária Fernanda Feitosa, começa hoje (4/04) e vai até domingo (7/04) no Pavilhão da Bienal. A feira funciona como uma grande loja de obras de arte, com peças para todos os bolsos, que vão de R$ 1 mil a R$ 14 milhões.

    A Marie Claire esteve por lá e preparou um roteiro especial com algumas das melhores galerias do evento:

    OBRA "SITE ALÉATOIRE AVEC 5 PERSONNAGES", DO FRANCÊS JEAN DUBUFFET, DA PACE GALLERY  (Foto: Divulgação )OBRA "SITE ALÉATOIRE AVEC 5 PERSONNAGES", DO FRANCÊS JEAN DUBUFFET, DA PACE GALLERY (Foto: Divulgação )

     

    PACE GALLERY
    É uma das mais antigas e prestigiadas galerias do mundo. Considerada o grande destaque dessa edição, traz de Londres obras de artistas de muito peso no mercado, como o espanhol Pablo Picasso, o francês Jean Dubuffet e o britânico David Hockney.

    GAGOSIAN
    A estrelada galeria de Nova York desembarca pela segunda vez no Brasil, depois de sua aparição na ArtRio, em setembro passado. Entre os artistas que representa, estão o ícone da cultura pop Andy Warhol e o japonês Takashi Murakami, também conhecido por suas parceiras com marcas da moda, como a francesa Louis Vuitton.

    "CORAÇÃO RETÍSSIMO", DE STEPHAN DOITSCHINOFF (Foto: Divulgação)"CORAÇÃO RETÍSSIMO", DE STEPHAN DOITSCHINOFF
    (Foto: Divulgação)

    CHOQUE CULTURAL
    Referência no universo underground brasileiro, a Choque incentiva a produção de novas formas de arte urbana. Em sua cartela, despontam muitos nomes que começaram pela arte de rua, como os paulistanos Speto e Stephan Doitschinoff.

    A GENTIL CARIOCA
    Localizado no centro histórico do Rio, o espaço é um dos endereços mais procurados entre colecionadores da capital fluminense. O local é dirigido por três nomes importantes da cena contemporânea nacional: Ernesto Neto, Márcio Botner e Laura Lima.

    LUCIANA BRITO GALERIA
    Conhecida por representar artistas conceituais, como a performer sérvia Marina Abramovic, a galerista que dá nome ao espaço adora investir em nomes inusitados da cena. Entre os que ela escolheu para a SP-Arte, está o argentino Leandro Erlich, que produz obras que brincam com o ilusionismo.

    VAN DE WEGHE FINE ART
    A conceituada galeria nova-iorquina é focada em artistas modernos, como o pintor espanhol Pablo Picasso, e contemporâneos, como o precursor do grafite americano Keith Haring e a maior estrela da arte britânica dos últimos 20 anos, Damien Hirst.

    SIM GALERIA
    Filhos de um importante marchand - uma espécie de negociante das artes - os irmãos Laura e Guilherme Simões de Assis seguiram o caminho trilhado pelo pai. Em pouco tempo, a galeria se tornou um dos espaços mais disputados de Curitiba para jovens artistas, como é o caso de Márcio Mendanha de Queiroz, conhecido como Kboco.

    OBRA DE LAERCIO REDONDO, DA GALERIA SILVIA CINTRA+BOX4 (Foto: Divulgação)OBRA DE LAERCIO REDONDO, DA GALERIA SILVIA CINTRA+BOX4 (Foto: Divulgação)

    SILVIA CINTRA+BOX4
    Endereço badalado do Rio, a galeria representa nomes importantes da arte brasileira contemporânea, como Nelson Leirner, Leda Catunda, Laércio Redondo e Miguel Rio Branco, que ocupa uma das galerias mais comentadas do museu a céu aberto Inhotim, em Minas Gerais.





     


    0 0

    CENA DO FILME "O DIABO VESTE PRADA", BASEADO NO PRIMEIRO LIVRO DE LAUREN WEISBERGER (Foto: Divulgação)CENA DO FILME "O DIABO VESTE PRADA", BASEADO NO PRIMEIRO LIVRO DE LAUREN WEISBERGER (Foto: Divulgação)

    A saga da jornalista Andrea Sachs pelos bastidores da imprensa fashionista de Nova York vai ganhar continuação. Pelo menos no papel: o livro "Revenge Wears Prada: The Devil Returns" (“A Vingança Veste Prada: O Retorno do Diabo”), sequência do best-seller "O Diabo Veste Prada" já está disponível para pré-venda no site da Amazon.

    A nova publicação, de autoria da norte-americana Lauren Weisberger, já teve a capa divulgada e o lançamento nos Estados Unidos e Canadá está marcado para 4 de junho.

    A CAPA DE "REVENGE WEARS PRADA: THE DEVIL RETURNS", SEQUÊNCIA DE "O DIABO VESTE PRADA": LANÇAMENTO NOS ESTADOS UNIDOS ACONTECE EM ABRIL ACONTECE  (Foto: Divulgação)A CAPA DE "REVENGE WEARS PRADA: THE DEVIL
    RETURNS", SEQUÊNCIA DE "O DIABO VESTE
    PRADA": LANÇAMENTO NOS ESTADOS UNIDOS
    ACONTECE EM JUNHO (Foto: Divulgação)

    "Revenge Wears Prada" dá continuidade à vida profissional de Andrea Sachs oito anos depois de sair da revista Runway, onde trabalhava como assistente da exigente editora de moda Miranda Priestly. A jornalista é agora editora da The Plunge, a mais badalada revista de noivas da América, e concilia o trabalho com os peprarativos de seu casamento. Apesar de não trabalharem mais juntas, a presença de Miranda é constante e causará muitas turbulências e questionamentos na vida da jovem Andy.

    Baseado na experiência real de Weisberger como assistente da famosa editora Anna Wintour na revista Vogue America, "O Diabo Veste Prada" ganhou adaptação para o cinema com Anne Hathaway e Meryl Streep nos papeis de protagonistas. Meryl, inclusive, venceu o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Comédia ou Musical em 2007 pela interpretação de Miranda Priestly.

    Será que o novo livro ganhará também uma versão cinematográfica? A gente torce para que sim, e logo!

     


    .


    0 0

    A ATRIZ FOI INDICADA AO OSCAR DE MELHOR ATRIZ ESTE ANO (Foto: Getty Images)A ATRIZ FOI INDICADA AO OSCAR DE MELHOR ATRIZ ESTE ANO (Foto: Getty Images)

    Ela é o assunto do momento, a atriz que Hollywood corre atrás e de quem todo mundo quer saber. Se você espera que a próxima frase seja um clichê do tipo “nem sempre foi assim”, acertou. Até dois anos atrás, Jessica Chastain, 36 anos, vivia muito, muito longe do lugar que ocupa hoje. Filha de um bombeiro e de uma cozinheira da Califórnia, ela e quatro irmãos, desde muito cedo, conviveram com a falta de dinheiro e o medo de serem despejados ou não conseguirem encher a geladeira. O trauma moldou-a para manter os pés no chão quando o sucesso aconteceu. E nesse quesito, Jessica não tem nada clichê, afinal, verdade seja dita, é muito raro Hollywood adotar uma nova musa após os 25 anos de idade.

    Depois de trabalhar com diretores de renome como Al Pacino (Wild Salome), Terence Malick (A Árvore da Vida) e Ralph Fiennes (Coriolanus), ela foi indicada ao Oscar de atriz coadjuvante por "Histórias Cruzadas" em 2012 e, este ano, ao Oscar de atriz principal pelo papel em "A Hora Mais Escura". “Houve uma época em que, se eu não conseguisse passar em um teste para um filme, não teria dinheiro para pagar o aluguel. Esse tipo de pressão faz o processo de seleção ser muito mais muito estressante”, disse ela a Marie Claire, em um hotel de Nova York.

    A mais recente empreitada de Jessica é uma escolha arriscada – e só confirma sua vontade de fugir dos clichês. No filme de terror "Mama", líder de bilheteria nos Estados Unidos por duas semanas, ela surge tatuada e de cabelos curtos e pretos. Na pele de Annabel, integrante de uma banda punk, ela luta contra seus instintos maternos e espíritos vingativos. “Depois que fiz uma mãe calorosa em 'A Árvore da Vida', só recebia ofertas para papéis semelhantes. Aí, disse para mim mesma: ‘Ok, vou provar que vocês não podem me enfiar num molde’.” Formada em arte dramática – graças a uma bolsa de estudos – pela prestigiosa Julliard School, de Nova York, antes do sucesso em Hollywood, fazia apenas pequenas participações na TV, atuava no circuito off Broadway e em “filmes que nunca eram lançados”. Teve de ser perseverante: “Sorte não basta, há de ser ter paciência”, ensina.

    "MAMA" ESTREIA NESTA SEXTA-FEIRA, 5 DE MARÇO (Foto: Divulgação)"MAMA" ESTREIA NESTA SEXTA-FEIRA, 5 DE MARÇO (Foto: Divulgação)

    MARIE CLAIRE Para os padrões de Hollywood, você demorou a ser reconhecida. Sofreu muito por isso?
    JESSICA CHASTAIN
    Embora eu seja superimpaciente e sonhe em ser atriz desde os 7 anos de idade, agradeço por não ter conhecido o sucesso aos 17, por exemplo. Tenho uma visão rea­lista da profissão, sei que toda essa atenção desaparece de uma hora para outra. Quando isso acontece com alguém muito jovem, pode ser traumático. Vivi sem o sucesso por muito tempo e, honestamente, sequer espero que dure. Só espero que minha carreira não termine, quero estar atuando nos meus 80 anos.

    MC Antes da fama, passou por experiências muito difíceis?
    JC
    Cresci em uma família em que o orçamento sempre foi apertado. Tivemos um ano particularmente muito ruim, quando foi difícil até conseguir colocar comida na mesa. Mudávamos muito de casa, porque, às vezes, meus pais não tinham dinheiro para pagar o aluguel. Chegamos a ser despejados. Acho que, por causa desse episódio, desenvolvi um medo enorme de não ter onde morar. Essa insegurança me acompanhou até a idade adulta, porque sabia que tinha escolhido uma profissão inconstante. Acho até que esse meu medo de ficar sem um lugar para morar prejudicou os meus testes para trabalho. Ficava tensa, achando que, se não conseguisse um determinado papel, não teria dinheiro para pagar o aluguel. Esse tipo de pressão só aumenta o estresse no processo de seleção.

    MC Você estudou artes dramáticas em uma das escolas mais prestigiosas dos Estados Unidos. Como era sua relação com arte antes disso?
    JC
    Cresci assistindo a filmes na televisão. Meus pais não costumavam ir ao cinema. Eu dizia para eles: “Olha, esse filme ganhou o Oscar por isso ou aquilo, vamos assistir?”. Mas eles não tinham a menor ideia do que eu estava falando. Hoje eles vão ao cinema só por minha causa. Minha vontade de interpretar começou depois que assisti a uma montagem de Ricardo III, ainda no tempo da escola. Achei a história tão sexy e violenta que me fez querer fazer uma peça de Shakespeare. Quando, mais tarde, fui morar em Mineapolis com o meu então namorado, fui apresentada aos filmes de arte. Vi A Professora de Piano e me apaixonei por aquele tipo de cinema e pelo trabalho de Isabelle, até hoje minha atriz preferida. Tenho vergonha de confessar, mas foi a primeira vez que a vi atuando! Queria fazer filmes como aquele.

    MC O que você fez depois que terminou o curso de arte dramática da Julliard?
    JC
    Fiz peças de teatro off Broad­way e também muitos trabalhos esquisitos, como me vestir de Mickey Mouse em festas de aniversário de crianças (risos). Também participei de programas de televisão. Nada memorável, como um cadáver numa série policial ou uma adolescente que mantinha o pai como um vegetal para torturá-lo. Eu queria ir para Hollywood, só que não encontrava muitos testes. Hoje acho que o problema foi candidatar-me a papéis errados para mim. Eram sempre filmes juvenis e talvez eu não me encaixasse muito bem naquele universo. Os filmes que estou fazendo agora são mais raros. Não são para qualquer perfil de atriz.

    MC Qual foi o verdadeiro momento da virada na carreira?
    JC
    Tive dois: quando Al Pacino me chamou para fazer Wilde Salome, meu primeiro longa-metragem, que, aliás, ainda não foi lançado comercialmente – espero que a repercussão de A Hora Mais Escura e Mama ajude nisso. Depois, quando Terence Mallick me escalou como par de Brad Pitt em A Árvore da Vida. Quando fui fazer testes para A Árvore da Vida, o Terence ligou para o Al Pacino e perguntou coisas do tipo “por que você trabalhou com ela?”, “ela não tem currículo em cinema?”, “ela tem algum problema, é louca?”. Al Pacino falou as melhores coisas a meu respeito, o que foi legal. A partir de então, fui beneficiada por uma série de recomendações. Spielberg ligou para Terence, porque queria me colcar em Histórias Cruzadas e assim por diante.

    MC Mas como você foi parar nas mãos de Al Pacino?
    JC
    Eu me inscrevi para os testes de Wild Salome e, para minha surpresa, fui chamada para a audição. Na hora do teste, com o próprio Al Pacino, a primeira coisa que perguntei para ele foi: “Como vim parar aqui?”. Ele me disse que a Marthe, a assistente e namorada dele, mencionou meu nome, porque tinha me visto numa de minhas peças menores. Se você faz o que ama e não busca só dinheiro, às vezes, chega ao sucesso. Melissa Leo ralou por anos antes de ganhar o Oscar de atriz coadjuvante­ por seu trabalho em O Vencedor. Mark Ruffalo também serviu muitos drinques em bares antes de ficar conhecido. Sorte é apenas uma parte do sucesso. Tem de ter paciência também.

    MC Você estreou no tapete vermelho ao lado de Brad Pitt e Sean Penn, no Festival de Cannes (2011)...
    JC
    Nunca havia enfrentado uma cerimônia como aquela na vida. Lembro que fiquei tão nervosa diante da perspectiva de atravessar o tapete vermelho, encarar o público e a multidão de fotógrafos, que chorei dentro da limusine que nos levou do hotel até o Palácio dos Festivais, onde aconteceria a sessão de gala de "A Árvore da Vida" (naquele ano, o filme foi o vencedor da Palma de Ouro). Eu não tinha a menor ideia de como deveria agir! Mas Brad e Sean me tranquilizaram. Foram muito protetores, seguraram as minhas mãos o tempo inteiro.

    MC Você é tímida?
    JC
    Muito! Minha melhor amiga é atriz. Você deve conhecê-la, Jess Weixler, que fez Teeth, um filme premiado no Sundance Film Festival de 2007. Ela esteve no Festival de Cannes comigo. Fomos colegas de quarto e fizemos a Julliard juntas. Tenho sorte de ter uma amiga que me apoia, proteje, acompanha todos os meus passos e me traz de volta à rea­lidade quando me entusiasmo demais por alguma coisa. Jess é do tipo que ameaça bater na cara se eu não tomar tenência (risos)! Pois então. Fui eu que produzi a festa de aniversário de 30 anos dela. Jess queria um festão, com tudo o que tinha direito, dançar em cima da mesa e coisa e tal. Eu era aquela garota encolhida no canto do salão dizendo para ela: “Divirta-se!”. Estou contando isso tudo para mostrar que não sou o tipo de pessoa que gosta de um monte de gente em volta de mim e me desejando feliz aniversário. Essa é a minha amiga, não eu (risos).

    MC O que passou por sua cabeça quando recebeu a notícia da sua primeira indicação ao Oscar, por seu papel em "Histórias Cruzadas"?
    JC
    Sinceramente, nunca acreditei que tinha chance de ficar entre os indicados. No momento em que recebi a ligação da minha agente, estava em Paris, assistindo a um desfile de moda. Por causa disso­, havia deixado o celular desligado. Quando liguei o telefone novamente fiquei preo­cupada ao encontrar o aviso de uma ligação perdida dela. Àquela hora, todo mundo estava dormindo em Los Angeles. Liguei de volta e ela me cumprimentou pela indicação. Havia uns trinta fotógrafos à minha volta, registrando minha expressão de surpresa, o rosto todo franzido. Foi a foto mais desagradável que já fizeram de mim, mas, pelo menos, é o registro de um reação genuína.

    A ATRIZ EM "A HORA MAIS ESCURA", FILME PELO QUAL ELA FOI INDICADA AO OSCAR (Foto: Divulgação)A ATRIZ EM "A HORA MAIS ESCURA", FILME PELO QUAL ELA FOI INDICADA AO OSCAR (Foto: Divulgação)

    MC Chegou a escrever um discurso de agradecimento, em 2012, quando foi indicada e não ganhou o Oscar?
    JC
    Sim. A gente tem de estar preparada, especialmente em se ­tratando de um prêmio tão importante como o Oscar. Acompanho a cerimônia da Academia de Artes e Ciência de Hollywood desde criança. Lembro de todo mundo lá em casa de roupão, sentados em torno da TV, jantando e esperando os nomes dos vencedores serem revelados. E, na hora em que fui indicada, pensei: “como não ter algo para dizer no palco no caso de uma vitória?”. Odiaria isso!

    MC Foi uma surpresa vê-la em um filme de terror como "Mama". Não é um gênero bastante arriscado, especialmente para uma atriz em ascensão?
    JC
    Mama é resultado de minha teimosia. Depois de "A Árvore da Vida", fui soterrada por convites para interpretar esposas dedicadas, mães perfeitas. Estava marcada por esse tipo de papel! Minha reação foi: “Ok, vou provar que não conseguirão me colocar num molde!”. Mama é um filme de gênero, o exato oposto de filmes como "A Árvore da Vida", por exemplo. Meu papel nele não é o de uma mãe perfeita, mas o de uma mulher que reluta contra a ideia de ter filhos. No início, a personagem demonstra um certo egoís­mo, não é uma pessoa agradável.

    MC Você voltou ao teatro no final do ano passado, com a peça "The Heiress", na Broadway. Como foi retornar à meca do teatro americano, agora como protagonista?
    JC
    Para ser honesta, gostaria de ter escolhido um período melhor para voltar a fazer teatro. É que assinei contrato para fazer "The Heiress" há um ano e meio, antes de tudo isso. Tenho me sentido muito cansada, não é a melhor maneira de se fazer tea­tro. Mas o palco é um território muito especial, em que o público não se importa com a atenção que o ator está recebendo lá fora ou as indicações para o Oscar que ele recebeu. É um ótimo exercício de modéstia.

    MC Como foi trabalhar com a diretora Kathryn Bigelow em "A Hora Mais Escura"?
    JC
    Foi uma experiência fantástica. Trabalhamos com um material muito difícil, cenas intensas, longos dias de trabalho e em locações complicadas. Mas Kathryn é uma grande cineasta, e também uma bela figura humana. O calor dela nos ajudou a atravessar os dias de trabalho mais difíceis. O filme ­termina com questões não respondidas como “Ela é um monstro ou uma heroína?”. Esse tipo de desfecho é um sinal de bravura da Kathryn. Confesso que não entendi muito bem o motivo de tanta polêmica em relação ao filme e à postura da minha personagem, a agente da CIA que liderou, por dez anos, as investigações que levaram ao responsável pelos ataques de 11 de Setembro. Acredito que as pessoas que criticaram não entenderam completamente a mensagem complexa do filme.

    MC Você teme o fracasso?
    JC
    Tenho sorte, mas sei que o fracasso está à espreita. Creio que o receberei bem quando ele chegar. O fracasso é uma possibilidade quando aceitamos grandes riscos. A gente aprende mais com os tropeços do que com os acertos. Sempre digo a mim mesma que só merece estar nessa profissão quem consegue se conformar com a perspectiva de ser pobre. Estaria feliz mesmo sem o sucesso, pois amo o que faço.

    MC Teve algum flerte com Tom Hardy, seu par romântico no filme "Os Infratores"?
    JC
    Tom é fantástico, mas jamais cruzei a linha da amizade. Nunca me vi namorando um ator. Talvez, se encontrar alguém que mexa comigo, aconteça. Até o momento, estou solteira e tenho preferido separar as coisas.


    0 0

    “Detesto esse bom-mocismo, de fingir ser o que você não é na prática", diz Júlia Rabello (Foto: Jorge Bispo)“Detesto esse bom-mocismo, de fingir ser o que você não é na prática", diz Júlia Rabello (Foto: Jorge Bispo)

    O coletivo criado por Fabio Porchat, Gregório Duvivier, Ian SBF, João Vicente de Castro e Antonio Tabet quer romper com todos os paradigmas do humor. Há seis meses, eles dizem toda sorte de palavrões e piadas politicamente incorretas na rede. E, com isso, conquistaram de telespectadores comuns a produtores de cinema e televisão. A TV Globo, de olho no sucesso do grupo, já busca uma forma de adaptar o formato de esquetes em programas de sua grade; o cinema quer transformá-los em longa-metragem ainda este ano e o mercado publicitário encomenda tiradas cômicas para seus produtos. A procura tem razão de ser: até o fechamento desta edição, o Porta dos Fundos acumulava 72 vídeos e mais de 140 milhões de visualizações. Eles imaginavam tudo isso? Sim, mas achavam que ia demorar pelo menos dois anos – e a explosão aconteceu em alguns meses.

    No dia em que o diretor Ian SBF e a atriz Júlia Rabello encontraram o repórter da Marie Claire, num café em Ipanema, no Rio, Ian discutia com um figurão de TV um projeto ainda confidencial. Cortou a ligação para conceder a entrevista. “Tá podendo, hein? Dispensando diretor de TV”, brincou Júlia, uma das meninas que, como Clarice Falcão e Letícia Lima (mulheres de Gregório e Ian, respectivamente), fazem parte da turma. Poucos minutos antes, ela falava do fenômeno e da surpresa ao ouvir que o William Bonner assistia ao Porta.

    É ela a protagonista do vídeo "Sobre a Mesa", um dos mais acessados da turma com quase 6 milhões de visualizações. Para quem ainda não viu: durante o jantar, o marido reclama que só tem abacaxi e tangerina de sobremesa. Ele queria pudim e, ao perguntar o que ela quer, a mulher rebate: “O que eu quero Mário Alberto? Eu quero foder”, seguido de impublicáveis comentários. De início, as mulheres se ofenderam. Hoje gostam dessa defesa do direto de... foder. Nem Júlia acreditou no sucesso em que se transformou. “No Leblon e em boate gay eu virei a Xuxa”, diz.O fato é que o Porta dos Fundos arrebentou com o politicamente correto. “Detesto esse bom-mocismo, de fingir ser o que você não é na prática.” Na prática, Júlia já renegou a existência de Deus, flertou com o espiritismo e a umbanda e hoje retomou o catolicismo. É casada com Mauro Veras, humorista do "Zorra Total" e com quem contracena na peça "Atreva-se", de Jô Soares. E está feliz por ter aceito o humor como parte da sua vida. A seguir, os melhores trechos da nossa conversa com a dupla.

    GENTE PURA É F*D*
    Ian -
    Nosso humor é o que se faz no bar e ninguém bota na TV. Está dando certo porque as pessoas se identificam. Estava todo mundo cansado de assistir a coisas que não falam diretamente, que não têm um palavrão... Mas a gente nem pensa se é apelativo ou não. A gente pensa se a gente está rindo. Qual é o limite do humor? A Júlia diz que não pode ofender, mas a gente ofende, faz piada de negro e da tragédia alheia. Depois vai lá ver os comentários no Youtube e tem um monte de gente ofendida. Há esquetes que provocam repulsa. Por isso a gente já fez vários vídeos se despedindo. A gente achou que o Confessionário ia acabar com tudo (na cena, um homem conta ao padre suas aventuras sexuais com um rapaz, no qual o reverendo reconhece o próprio amante). O politicamente correto é irritante, mas também relativo. Por que quando morreu o Chorão todo mundo queria fazer piada? É assim. Se você não fizer não é comediante.
    Júlia - Fazemos um humor sem barreira e sem militância. Tocamos no assunto e você discute ou ri se quiser. Temos nossos escrachos e nossas tortas na cara. As pessoas curtem ou rejeitam.O que não aguento é o bom-mocismo chatinho. É você pegar um timeline de Facebook e ver todo mundo puro de coração. Mágoa de mulher também acho cansativo. Gosto da energia masculina do Porta. Homem briga, grita ali e passou, foi, sem aquele ranço das mulheres, que me irrita.

    SEXO É F*D*
    Júlia -
    Claro que a minha primeira vez não foi com o meu marido. Imagina, sou uma mulher moderna... Minha estreia foi engraçada, mas não daria uma esquete da Porta dos Fundos. Acho sexo indispensável. E, como toda mulher do meu tempo, tive algumas experiências e não vou mentir: tamanho não é documento... mas dependendo do tamanho, é sim! Também já broxaram comigo. E quem nunca broxou? Já vivi grandes micos. Um contei pro Jô Soares e depois me arrependi. Foi sobre um ex-namorado que usava dentaduras. E me contou isso depois de um beijo. O resto eu esqueci! Sofro de memória seletiva, só lembro do melhor sexo, só lembro de ontem a noite... Na minha opinião, o melhor sexo é o que tem intimidade. Sempre ouço aquelas piadinhas de que quem casa para de transar. Para mim é o contrário, acho que ter um bom parceiro sexual equivale a um ticket para o parque de diversões. Ian Sexo é um assunto recorrente. Quando você não está casado, está procurando alguém pra ficar junto. Se você está casado, diminui o fluxo. E a vontade continua. O ser humano é assim, somos pessoas de apetites. O sexo é um campo fértil de piadas, porque mexe com os desejos. Eu já vivi uma situação tragicômica na cama. Na faculdade, apareceu uma garota que queria “fazer coisas doidas”. E foi uma merda. Ela apareceu de colegial e ficava me batendo, me queimando com vela. Rolou para dizer que foi. E para ela parar de me bater.

    MACHISMO É F*D*
    Júlia -
    Quando li o roteiro do esquete Sobre a Mesa pensei “ok, um monte de putaria”. Hoje muita gente vem falar comigo como se eu fosse uma porta-voz das mulheres que querem foder. Acho legal, mas uma pena ainda precisar desse discurso. As mulheres já fodem muito hoje em dia, não? Mas eu não entendia nada do negócio da internet, não sabia como funcionava. A gente gravou muito antes do canal ir pro ar. Quando vi o filme, fiquei constrangida. Aí pensei “ninguém vai ver”. E começaram a entrar milhões de comentários me chamando de puta.
    Ian - Na internet entra muito menino de 12 anos que aprendeu a se masturbar agora e põe lá “comeria muito essa vadia”. Eu acho que o mesmo motivo pelo qual o filme chocou o fez libertador. Ninguém nunca ouviu uma mulher falando isso na TV. Sei que muitos caras ficaram chocados e não consigo entender o porquê, não vivo nesse mundo machista. Não trabalho num escritório de advocacia ou de engenharia. Então, não consigo entender como funciona isso. Mas eu sei que tem.

    RAFINHA BASTOS É F*D*
    Júlia -
    No episódio do Rafinha Bastos com a Wanessa (o humorista disse que “comeria a cantora e o bebê” e acabou se demitindo da Band por não aceitar pedir desculpas publicamente), a sensação que tenho é que uma coisa que poderia ter sido resolvida na esfera particular acabou na esfera pública. Se você fica respondendo pelo microfone a coisa vira uma bola de neve. Porque a praça pública quer mais é alvoroço, tudo muda de proporção. Acho que o humor do Rafinha tem um perfil claro. Muitas coisas eu gosto, outras não. Ele é inteligente, mas tem mão pesada e pode machucar. Deve ter machucado a Wanessa. Também não pode ter essa ditadura, de que os humoristas podem falar qualquer coisa, que são fodões e ponto. Não, não são.

    TV ABERTA É F*D*
    Ian -
    Uma vez entrevistei o Guel Arraes (o cineasta) para um documentário de humor e perguntei: “Quando foi que a TV virou cagona?”. E ele respondeu que sempre foi. Eles fizeram o TV Pirata porque ninguém nunca tinha feito. O que o Porta dos Fundos faz também não se fez até hoje. Você vê na mesa do bar, mas nunca foi registrado. Assim como nunca teve esse movimento de alguma produção da internet ir para a TV. Existem conversas, eles nos procuram e a gente escuta. E nos perguntamos: “Será?”. Não sabemos. Só sei que eu não gosto do que está na TV hoje. Não vejo graça nenhuma. A gente gosta de outro tipo de humor. Já estive na TV Globo. E dizendo isso parece que a gente está fazendo uma crítica a quem trabalha ali. Quero deixar claro que não tem nada disso. O Fabio (Porchat) falava uma coisa com a qual comecei a concordar depois que passei pela Globo: não é só a TV que não permite, o sistema não permite, o Brasil não permite. Eu criticava muito, mas como passei por lá sei que existe boa vontade ali dentro. É muito foda você apontar dedo e dizer “você não quer fazer o humor que eu gosto”. Mas não acho que o Porta vai para algum lugar dentro da TV, a gente vai encaminhar para a internet. Tem uma lista de empresas que estão atrás de nós: com muitas, a gente já está trabalhando e, com outras, ainda vamos trabalhar. A coisa cresceu, não consigo mais acompanhar como está isso.

    CONVIVER É F*D*
    JúlIa -
    O Brasil é machista. Eu vivi num ambiente em que não precisei levantar a espada do feminismo. Mas são fundamentais os espaços que as mulheres abriram. Acho legal ter uma mulher na presidência e um negro no Supremo Tribunal Federal. Mas o mais importante é a competência. E não se é preto, branco, homem, mulher, gay, hétero. Uma vez, participei de um programa em que estava a Fernanda Young. Ela disse que teve que se masculinizar muito numa época e, hoje em dia, se dá ao luxo de ser menininha. Para mim não foi assim. Eu nunca precisei perder a menininha, nem deixei de ter pulso quando foi necessário. Espero que as feministas fiquem felizes de saber que sou fruto dessa luta. Mas eu acho que o mundo é uma merda mesmo. Nunca vai ser perfeito. Conviver dá confusão. Não é só questão de gênero. Na escola, eu era escrotizada e escrotizava também. Quando o Gabriel O Pensador fez Loira Burra, o pessoal se juntou para cantar isso pra mim. Sofri, passou, foda-se. No dia seguinte, era eu que estava fazendo bullying com alguém. Isso se chama colégio, se chama viver.

    SUCESSO É F*D*
    Ian - Outro dia um cara me perguntou qual o objetivo do Porta dos Fundos. Eu não sabia o que falar, ultrapassamos todos os objetivos faz tempo. Vou dizer que quero um milhão de reais?... Já tenho. O ritmo é forte: numa semana fazemos pelo menos uma reunião de roteiro, três ou quatro gravações e o lançamento de dois vídeos. A empresa está consolidada, mas é difícil dizer qual a média de investimento. A gente começou muito no amor, a grana não foi nossa primeira preocupação, não tivemos uma estratégia muito definida. Os custos iniciais, nós mesmos pagamos, os cinco sócios. Hoje, recebemos por visualização na internet. A cada mil views, o Google tem um valor, que varia muito. É padrão deles. Além disso, fazemos vídeos para terceiros. Eu dirijo todos os filmes, mas a gente conversa sobre tudo.A decisão do elenco varia, às vezes eu escolho, noutras é uma decisão conjunta. Não tem nada muito definido. Não penso mais no futuro. Eu gastava um dia inteiro sonhando. Não sonho mais. Estou vivendo.


(Page 1) | 2 | 3 | .... | 540 | newer